Dia 21. Um texto que tenhas escrito há algum tempo.

« Com um sopro de ar, pode tudo terminar. »
Sim, não nego que não me és indiferente, que a tua falta ainda dói, que a tua simplicidade encanta, que o motivo porque eu te odeio é o facto de me fazeres desejar-te tanto (...). Mas nada disto importa quando um coração sente um amor forte, apaixonado, verdadeiro, guerreiro, que com todas estas características continua a ser um amor saudável, porque eu sei que não sou dependente de ti. Se me perguntarem se posso viver sem ti, a minha resposta vai ser afirmativa, porque apesar de ser doloroso, já me habituei à tua ausência. Tiveste a oportunidade de seres a minha vida. Agora que a desperdiçaste, não o és, nem nunca o serás. Contigo aprendi que pôr a nossa vida nas mãos de alguém é uma perfeita tolice. Contigo, tão depressa é sim como no momento seguinte é não; tão depressa sou tudo como no segundo seguinte não sou nada. Nunca ninguém significará o mesmo que tu signific(av)as para mim. Menos, certamente. Mais, talvez. Mas o mesmo, impossível. Marcaste-me de uma maneira que dificilmente esquecerei. Ainda assim, quero que saibas que não te odeio, nem tão pouco te amo. Ensinaste-me coisas, abriste-me os olhos para outras e isso apenas desperta um sentimento de gratidão. Se pensas que estou melhor sem ti, enganas-te. Se pensas que estou pior sem ti, não podias estar mais errado. Contudo, estar contigo seria apenas um sonho realizado de entre muitos outros sonhos impossíveis de realizar, por isso fica a dica que não és, de maneira nenhuma, a minha vida (acho eu).
Andreia Franco,


Nota: Só para que saibam, este é um texto pessoal, que eu escrevi há algum tempo e, nessa altura, decidi que não o devia publicar no blog. Contudo, há uns tempos deparei-me com ele aqui perdido algures numa pasta do computador e achei que gostava de o partilhar, nem que fosse com os meus leitores/seguidores mais assíduos. Há partes confusas, passagens mais pessoais -outras nem por isso - mas espero que entendam. Afinal, eu sou uma pessoa complicada ;b

3 comentários:

  1. Obrigada, ofereço-te o meu selo!
    O teu texto tá tão lindo :O

    ResponderEliminar
  2. os teus dois blogs são lindos *.*

    ResponderEliminar
  3. Eu acredito que sim ^^

    ResponderEliminar

Faz dos teus pensamentos, palavras. Obrigada por cá passares (: