Lembrei-me de ti.


A noite passada sonhei contigo.
Como há muito não sonhava e um sonho que nunca sonhei. Fiquei feliz, e sabes porquê? Porque foi diferente. Tu parecias diferente. Parecias carinhoso comigo e interessado no meu bem-estar. Parecia ser a tua maior preocupação naquele momento. Parecia que nada mais no mundo te importava, apenas nós os dois.
Tal como sempre aconteceu comigo. Até que chegou a altura de eu dizer 'Basta!' e de me mentalizar que uma pessoa não pode fazer esforços por duas. De certa forma, não importa o quanto uma parte quer, o quanto uma parte ama, o quanto uma parte tenta compensar a outra e o quanto acredita que o irá conseguir. Importa sim, se ambos se esforçam, se ambos amam de igual e extremo modo, se as duas partes trabalham em conjunto para conseguir a vida e a história que ambos desejam.
Agora, se isto não acontece, há um problema grave. Costuma dizer-se 'Quem corre por gosto não cansa', mas isto nem sempre é verdade. Até os corredores mais apaixonados pela competição acabam por desistir, se a competição não é o que eles esperam, o que eles querem. E assim aconteceu comigo. Eu cansei-me de correr em vão por nós os dois.
Se por isso deixei de te amar? Sinceramente, não sei. Talvez o tempo me dê a resposta.

2 comentários:

  1. adorei, está lindo *.*

    ResponderEliminar
  2. Sorry não sabia que tinha de meter a imagem xD
    Adorei o texto +.+

    ResponderEliminar

Faz dos teus pensamentos, palavras. Obrigada por cá passares (: